Carta para a Participação Pública em Saúde

 

A Lei n.º 108/2019 de 9 de setembro  aprova a "A Carta para a Participação Pública em Saúde", e pretende  «fomentar a participação por parte das pessoas, com ou sem doença e seus representantes, nas decisões que afetam a saúde da população, e incentivar a tomada de decisão em saúde assente numa ampla participação pública».

«Pretende ainda promover e consolidar a participação pública a nível político e dos diferentes órgãos e entidades do Estado, em Portugal, através do aprofundamento dos processos de participação já existentes e da criação de novos espaços e mecanismos participativos».

Deste modo, a Carta contribui para «promover e defender os direitos das pessoas com ou sem doença, em especial no que respeita à proteção da saúde, da informação e da participação» e  «informar as entidades públicas sobre as prioridades, necessidades e preocupações das pessoas com ou sem doença e seus representantes».

«Tornar as políticas de saúde mais eficazes e, consequentemente, obter melhores resultados em saúde, promover a transparência das decisões e a prestação de contas por parte de quem decide, aproximar o Estado e a sociedade civil, aprofundando o diálogo e a interação regular entre ambos e legitimar as decisões sobre a avaliação custo-efetividade  e os dilemas éticos colocados pelas inovações técnológicas » são outros objetivos da Carta.

 

Para saber mais consulte a Carta para a Participação Pública em Saúde aqui

Parceria do IPST,IP com O Boticário - #Doe Amor, Dê Sangue!

O IPST, IP em parceria com O Boticário desenvolveu no mês de dezembro uma campanha de promoção da dádiva de sangue, para incentivar mais dádivas e cativar novos dadores.

Esta campanha tinha como princípio, onde há beleza há amor,  e desafiava os seus seguidores nas redes sociais a serem dadores de sangue. Foram apresentados vários testemunhos de pessoas anónimas sobre a importância da dádiva de sangue;  também o humorista Nilton e a cantora Carolina Deslandes se associaram a esta “corrente”.

No âmbito desta Campanha realizaram-se Sessões de Colheita, no dia 11 de dezembro no Allegro Montijo e no dia 12 de dezembro, na Praça da República em Coimbra e no Mar Shopping, no Porto.

 

Formação para o Exterior 2019

 

 

 

 

O IPST, IP tem por missão garantir e regular, a nível nacional, a atividade da medicina transfusional e da transplantação e garantir a dádiva, colheita, análise, processamento, preservação, armazenamento e distribuição de sangue humano, de componentes sanguíneos, de órgãos, tecidos e células de origem humana.

A investigação e a formação são consideradas áreas importantes para o desenvolvimento técnico e científico, sem as quais a disponibilidade de sangue e componentes sanguíneos de qualidade, seguros e eficazes ficará por certo comprometida.  

 Formação para o Exterior 2019   

Caso pretenda fazer a sua inscrição, aceda por favor através deste link - Inscrição

Para eventuais esclarecimentos contacte-nos através do e-mail:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Reserva de Espaços

O Instituto Português do Sangue e da Transplantação,IP dispõe de 3 auditórios para a organização de eventos, tais como: reuniões, seminários, workshops, bem como outras ações de natureza equivalente, pelo IPST,IP, podendo ser utilizados por outras entidades e organismos quando disponíveis.

 

Contactos

Telefone: 21 0063063/4

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Reserva de espaços
Quando pretender efetuar uma pré-reserva de espaço remeta-nos o formulário de reserva ou inclua, no corpo do email, a informação relativa aos items nele incluídos.

 

Normas de utilização dos Auditórios IPST,IP

 

Características dos Espaços

 

Auditório do CSTLiboa - Área da Transplantação Auditório do CSTCoimbra Auditório do CSTPorto - Área do Sangue

Auditório CSTCoimbra

 

Campanha de Sustentabilidade 2018

 

“Pare. Pense. Mude. Pequenos gestos, grandes mudanças”, é o lema da Campanha de Sustentabilidade do Ministério da Saúde.

Esta iniciativa visa estimular a mudança na atitude dos utilizadores dos edifícios públicos do setor da saúde, através da comunicação de mensagens que incentivem a adoção de comportamentos para aumento da eficiência no consumo dos recursos hídricos, energéticos e a redução da produção de resíduos.

 

Campanha Sustentabilidade

 

Proteção de Dados

 

 

A aprovação do Regulamento (UE) N.º 2016/679, de 27 de abril de 2016 , relativo à proteção das pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais e à livre circulação desses dados, designado Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD),  vem revogar a Diretiva 95/46/CE 


Em cumprimento do disposto no artigo 37º do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (RGPD), o Instituto Português do Sangue e da Transplantação designou um Encarregado da Proteção de Dados (EPD), estando disponível o endereço eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. para eventuais pedidos de informação ou de esclarecimentos

Consulte aqui informação sobre o RGPD disponibilizada pela Comissão Nacional de Proteção de Dados, incluindo a secção de FAQs para dar resposta a perguntas mais frequentes

Atividade do Contact Centre (CC) do IPST,IP

Informamos que o Contact Centre (CC) do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, tem efetuado contactos telefónicos a dadores que efetuaram a sua última dádiva há mais de um ano. Este contacto é feito sob a forma de convite e tem como principal objetivo relembar a data em que o dador fez a sua última dádiva, convidando-o a programar a próxima.

Para além dos resultados a longo prazo traduzidos numa fidelização do dador ao IPST,IP esperamos contribuir para o aumento das dádivas neste período, contrariando a tendência desta época do ano.

Este contacto não permite a devolução da chamada (21 352 41 32).

Loading...