Medidas SIMPLEX+ 2017 no IPST,IP

 

No domínio das estratégias de modernização preconizadas para o setor da saúde foram implementadas no IPST, IP um conjunto de medidas de simplificação, designadas medidas SIMPLEX, com impacto positivo na vida dos nossos cidadãos, concretamente dos dadores e recetores de sangue, órgãos, tecidos e células, mas também dos profissionais envolvidos neste setor, permitindo uma maior simplificação e desmaterialização dos respetivos processos a par de uma melhoria na interação dos cidadãos com o serviço público prestado pelo IPST, IP.                    

Neste contexto foi implementado durante o ano de 2017, o Registo Nacional de Dadores Sempre Atualizado como medida que configura a possibilidade de atualização automática dos dados relativos aos dadores de sangue, implementando soluções de interoperabilidade entre os diversos sistemas de registo de dádivas de sangue e o registo nacional de utentes, permitindo ainda deixar de utilizar papel nas sessões de colheita com exceção do Consentimento Informado. Visando uma gestão mais eficiente do setor foram propostas diversas ações estratégicas, de cuja concretização e resultados atingidos merecem destaque: a aprovação e publicação do Despacho n.º 1649/2017, de 21 de fevereiro, a publicação de um Regulamento, Manual de Utilizador e divulgação de restantes normas do IPST, IP junto dos hospitais e a consequente interligação entre hospitais e IPST, IP nos hospitais que já dispõem do ASIS nos seus serviços de sangue.

Neste âmbito da desmaterialização, foi também desenvolvida uma aplicação (App) móvel relativa ao Registo Português da Transplantação, designada RPT Mobile. O RPT Mobile é uma aplicação móvel para dispositivos iOS e Androide que permite o suporte à atividade dos profissionais de saúde integrantes do ecossistema português da transplantação. As suas funcionalidades principais consistem no fornecimento de informações sobre os procedimentos de avaliação colheita e transplantação aos diferentes intervenientes do processo; o envio de notificações aos diferentes intervenientes do processo em pontos críticos do mesmo e o envio de fotografias dos órgãos e/ou tecidos colhidos para o backoffice do RPT para informação atempada sobre o aspeto macroscópico do órgão para as equipas que irão realizar o transplante. O RPT Mobile mostra informação especializada para o perfil e para as atribuições específicas de cada utilizador, acrescentado uma componente móvel,  de acesso rápido e fácil a cada tipo de utilizadores.

Esta aplicação permite aos profissionais de saúde, em qualquer momento e em qualquer lugar, seguirem os principais eventos que ocorrem num processo de doação e transplantação de órgãos, notificando o utilizador e mantendo-o informado da evolução dos processos que estão a ocorrer no seu hospital.

Enquanto sistema de alertas e notificação de eventos, possibilita não só uma gestão de processos em simultâneo mas também uma maior acessibilidade à informação concorrendo para uma maior rapidez do processo.  O sistema de notificações e o dispositivo móvel disponibilizado permite ao profissional de saúde monitorizar o cumprimento de tarefas e atividades e aceder à evolução do processo de doação e transplantação em tempo real, possibilitando o acesso à base de dados original em tempo útil, promovendo a necessidade de concretização da atividade seguinte no circuito da doação, colheita e transplantação.