Dia Mundial do Dador de Sangue | 14 de Junho 2020

No próximo dia 14 de junho a OMS – Organização Mundial da Saúde e todos os países celebrarão o Dia Mundial do Dador de Sangue.

A necessidade de sangue seguro é universal. Este é essencial para tratamentos e intervenções urgentes; pode ajudar os doentes com patologias que ameaçam a sua vida a viver mais tempo, com mais qualidade de vida e apoia procedimentos médicos e cirúrgicos de grande complexidade. O sangue é também vital para o tratamento de feridos decorrentes de vários tipos de emergência (desastres naturais, acidentes, conflitos armados, etc.) e é ainda essencial para salvar vidas na prestação de cuidados neonatais e na maternidade.

Porém, o acesso a sangue seguro é ainda um privilégio de poucos. A maioria dos países não desenvolvidos ou em vias de desenvolvimento luta para que este esteja acessível, porque o número de dádivas é baixo e o equipamento para testar o sangue é escasso. Globalmente, 42 % do sangue é colhido nos países desenvolvidos, o que representa apenas 16% da população mundial.

O fornecimento adequado de sangue seguro apenas pode ser garantido através de dádivas regulares feitas por dadores voluntários e não remunerados. Esta é a razão pela qual a Assembleia da OMS, em 2005, designou um dia especial para agradecer aos dadores e encorajar mais pessoas a dar sangue altruisticamente. O Dia Mundial do Dador acontece anualmente a 14 de junho. Além de agradecer aos dadores de sangue, é o dia em que se pretende aumentar a consciência para a necessidade de sangue seguro e como todos podem contribuir para esta causa.

As dádivas de sangue são necessárias em todo o mundo para garantir que cada pessoa e respetivas comunidades têm acesso a sangue e componentes sanguíneos seguros, de qualidade certificada, nas situações de rotina e nas de emergência. Através desta campanha, apelamos a que mais pessoas em todo o mundo possam salvar vidas, voluntariando-se para dar sangue regularmente.

O tema escolhido para este dia é também um apelo para a ação dos Governos, das Autoridades Nacionais de Saúde e dos Serviços de Medicina Transfusional para que garantam os recursos adequados e desenvolvam sistemas e infraestruturas para aumentar a colheita de sangue de dadores voluntários e não remunerados, prestando serviço de qualidade aos dadores, promovendo e implementando medidas para a adequada utilização clínica do sangue e que criem sistemas de supervisão, controlo e vigilância em toda a cadeia da transfusão sanguínea.

Os objetivos da Campanha deste ano são:

  • Comemorar e agradecer a todos os Dadores e encorajar mais pessoas para começarem a dar sangue;
  • Criar uma maior consciência para a necessidade urgente de aumentar a disponibilidade de sangue seguro, para ser usado quando e onde for necessário para salvar vidas;
  • Demonstrar a necessidade do acesso universal a transfusões sanguíneas seguras e defender o seu papel, na prestação de cuidados de saúde eficazes e de cobertura universal;
  • Mobilizar o apoio a nível nacional, regional e global, entre Governos e outros parceiros, para investir, reforçar e sustentar os programas nacionais na área do sangue.

O envolvimento e apoio de todos ajudará a garantir um maior impacto do Dia Mundial do Dador de Sangue em 2020, aumentando o reconhecimento a nível mundial de que dar sangue é um ato solidário que salva vias e que serviços que forneçam sangue e componentes sanguíneos seguros, são essenciais em qualquer Serviço Nacional de Saúde. A participação de parceiros com interesse direto nesta causa é bem-vinda a todos os níveis, para fazer do Dia Mundial do Dador de Sangue 2020  um sucesso.

Organizações Internacionais, incluindo a Organização Mundial de Saúde, a Federação Internacional da Cruz e Crescente Vermelho, a Federação Internacional das Organizações de Dadores de Sangue e a Sociedade Internacional da Transfusão Sanguínea, entre outras, continuarão a trabalhar em estreita colaboração para orientar e apoiar os seus membros neste esforço.

Exortamos todos a juntarem-se a esta causa, para que o acesso a sangue seguro se torne uma realidade para todos.

Este ano, devido à atual situação de pandemia de Covid-19, a OMS fará uma campanha mundial digital.