Exercite o seu caminho para uma melhor saúde pós-transplante

 

A prática regular de exercício físico e de atividades desportivas têm, indiscutivelmente, um papel de extrema relevância na prevenção de diversas doenças, proporcionando uma resposta adequada em muitas situações médicas. No caso particular dos doentes transplantados, a atividade física é determinante na melhoria da qualidade de vida e no estado de saúde, contribuindo, concomitantemente, para o aumento do seu bem-estar e autoestima.

Conforme publicado na edição n.º 2 da newsletter do IPST, IP de novembro de 2016 (ver aqui), informamos que já se encontra disponível a tradução para língua portuguesa do folheto do Comité de Peritos em Transplantação de Órgãos (CD-P-TO) do Conselho da Europa, subordinado a este tema. Este documento intitula-se “Exercite o seu caminho para uma melhor saúde pós-transplante”, podendo ser consultado no sítio do IPST, IP, na área da Transplantação, em duas localizações distintas:

Loading...
Loading...