Apresentação

O Banco Público de Células do Cordão Umbilical (BPCCU) é um serviço do IPST, IP, que se dedica à receção, análise, processamento, criopreservação e distribuição de dádivas benévolas e altruístas de sangue do cordão umbilical .

Foi criado através do Despacho n.º 14879/2009 de 2 de julho, tendo sido integrado na estrutura orgânica do IPST em agosto de 2012 (Portaria n.º 165/2012 de 22 de maio).

O IPST é atualmente, responsável por toda a gestão e organização do BPCCU.

 

Objetivos

A existência do BPCCU visa colocar à disposição de todos os cidadãos células progenitoras hematopoiéticas, necessárias para a realização de transplante em determinadas doenças hematológicas, imunológicas ou outras, constituindo-se como um complemento da atividade do CEDACE.

O BPCCU aceita apenas dádivas altruístas, que serão disponibilizadas a todos os potenciais receptores, cumprindo, em matéria de princípios, de organização e de rigor técnico, todas as exigências da Lei n.º 12/2009, de 26 de março (lei que transpôs para a legislação nacional as Directivas Europeias associadas a esta atividade - n.os 2004/23/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 31 de março, 2006/17/CE, da Comissão, de 8 de fevereiro, e 2006/86/CE, da Comissão, de 24 de outubro)